icon face  icon twitter  icon youtube

“Como o marinheiro no mar alto precisa do farol que indique a rota para chegar ao porto, assim o mundo tem necessidade de vós. Sede faróis para os que estão perto e sobretudo para os afastados. Sede tochas que acompanham o caminho dos homens e mulheres na noite escura do tempo. Sede sentinelas da manhã (cf. Is 21, 11-12) que anunciam o nascer do sol (cf. Lc 1, 78)”. Papa Francisco, VDQ

A vocação da Carmelita Descalça é essencialmente eclesial e apostólica, plenamente centralizada na relação com Jesus Cristo por meio da oração e da contemplação. O apostolado, ao qual a Santa Teresa quis que se dedicassem as suas filhas, é puramente contemplativo e consiste na oração e imolação com a Igreja e pela Igreja, excluindo toda a forma de apostolado activo.

A  contribuição concreta da monja para a evangelização,  é de ordem eminentemente espiritual,   como alma e fermento das iniciativas apostólicas, deixando a participação ativa para aqueles a quem compete por vocação.

Iluminadas pelo testemunho de Santa Teresa do Menino Jesus, Padroeira das Missões, nos empenhamos em fomentar o ideal missionário que deve animar a nossa vida contemplativa. Em especial, rezamos pelos anunciadores do Evangelho e o aumento das vocações, pela unidade dos cristãos e a evangelização dos povos, a fim de que todos se abram à mensagem de Cristo.

Profundamente solidárias com as vicissitudes da Igreja e da humanidade trazemos no coração os sofrimentos e as ansiedades daqueles que recorrem à nossa ajuda e de todos os homens e mulheres, colaborando espiritualmente para a edificação do Reino de Cristo.