• A Capela é aberta diariamente ao público para a Missa conventual às 7h00, de Segunda-feira a Domingo.

Atendimento na Portaria: 8h30 às 12h00 e 14h00 às 18h00.

• Para visitas e atendimento pessoal, agendar com antecedência.

• No Advento, Quaresma e no 1º Domingo de cada mês (retiro mensal) não recebemos visitas.





Santa Teresa de Jesus-Preparação para o V Centenario do seu Nascimento

Cipe

Archives Du Carmel De Lisieux

GOT – Grupo de Oração Teresiana

V Centenário Teresiano

Carmelitas - Portugal

Casa Natal de Santa Teresa de Jesús
Carmelitas Descalzos - Ávila
A origem da família teresiana no Carmelo e o sentido de sua vocação na Igreja estão intimamente vinculados ao processo da vida espiritual e ao carisma de Santa Teresa de Jesus; sobretudo às graças mísitcas que a moveram a renovar o Carmelo, orientando-o completamente à oração e à contemplação das coisas divinas, vivendo os conselhos evangélicos segundo a Regra "primitiva", em uma pequena comunidade fraterna, fundada na solidão, na oração e estrita pobreza. É o que confere identidade própria ao Carmelo Descalço.

Contribui para o desenvolvimento e esclarecimento do projeto original a experiência mística, com que a Santa penetra e como revive em si mesma a vida da Igreja, suas dores, a nova dilaceração de sua unidade e, de modo especial, as profanações da Eucaristia e do Sacerdócio.

Comovida diante de tais acontecimentos, imprime à sua vida e à nova família do Carmelo um sentido apostólico, orientando ao serviço da Igreja a oração, o retiro e a vida inteira das Carmelitas Descalças. De tal modo que, se sua oração, seus sacrifícios e sua vida não se ordenam ao serviço da Igreja, "ficai certas de que não realizais o fim para o qual vos ajuntou aqui o Senhor".

Ao realizar a santa Madre o seu projeto, a divina Providência deu-lhe por companheiro São João da Cruz, comunicando-lhe o mesmo espírito. Ambos "lançaram, de certo modo, os alicerces da Ordem". Constituições, 4-9

O retorno às origens foi a primeira idéia motriz que levou Teresa de Jesus a empreender a Reforma Teresiana em 24 de agosto de 1562. Fizeram uma verdadeira refundação; havendo alcançado as raízes do Carmelo, abriram-no a novos horizontes, respondendo assim aos desafios de sua época.

Fundadora é o título que lhe compete e que figura ao pé da estátua de Santa Teresa na Basílica de São Pedro (Roma), na série de santos fundadores que adorna a nave central: "S. Teresia spiritualis Mater et Fundatrix novae Reformatio Ordinis Discal. B. M. de Monte Carmelo".
4h40: Despertar

5h: Ofício Divino da Manhã

5h30 às 6h30: Oração silenciosa, pessoal

6h30: Ofício Divino, Hora Terça

7h00: Celebração da Eucaristia

Café / Trabalho (Formação para o Noviciado)

11h00: Ofício Divino, Hora Sexta / Exame de consciência

11h30: Refeição/ Louça / Recreio

13h00 às 14h00: Silêncio sagrado/Tempo livre

14h00: Leitura espiritual de formação

14h45: Ofício Divino, Hora Nona/ Trabalho

16h35: Ofício Divino, da Tarde

17h00 às 18h00: Oração silenciosa, pessoal

18h00: Refeição/ Louça / Recreio

19h35: Ofício Divino, Completas/ Silêncio sagrado

21h00: Ofício Divino, de Leituras/ Repouso
www.carmelodesantos.com.br
R. Dom Duarte Leopoldo e Silva, 50 - Santos/SP